Os Estudos

DE VIVO INTELECTO

Madre Francisca, «aos quatro anos, começou a estudar precocemente, aprendendo pequenos poemas. […] Aos seis anos de idade,  teve seu primeiro ensino nas Irmãs de Notre Dame, a quem a escola das meninas da cidade era então confiada. Ela tinha um vivo intelecto, aprendeu com facilidade e tinha uma boa memória e um julgamento claro» (Pe. Aquilino Reichert).

Depois de terminar o ensino fundamental, em 1858  foi enviada pelos pais para Augsburg para continuar o ensino médio  no Instituto «Maria Stern», administrado pelas Irmãs Franciscanas que, além das disciplinas tradicionais da escola, promoviam o ensino de idiomas e música. Madre Francisca aprendeeu francês e se empenhou cuidadosamente a estudar violino e piano. 

A SAUDÁVEL INQUIETUDE DA JUVENTUDE

Depois de quatro anos, em 1862, ela concluiu com êxito seus estudos, se formou como professora e retornou à sua família em Mellrichstadt, dedicando-se a uma vida bastante tranquila e pacífica, embora já marcada pela inquietação saudável que geralmente surge durante o caminho de discernimento vocacional, quando se percebe os primeiros sinais de um autêntico desejo de consagração e se pergunta: «Senhor, que queres  que eu faça?».

Vos pergunto: como a jovem Francisca Streitel,
"você está disposto(a) a ouvir Jesus e mudar algo em si mesmo(a)?"

ESTA È OUTRA MÚSICA

... dedicada aos jovens